sexta-feira, 26 de outubro de 2012

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Michelangelo - Capela Sistina

Detalhe da Capela Sistina - A Criação de Adão - Michelangelo
O endereço abaixo possibilita uma visualização, em 3D, de parte da obra de Michelangelo. Capela Sistina - Vaticano.
http://www.vatican.va/various/cappelle/sistina_vr/index.html

Michelangelo foge ao determinismo mecanicista renascentista quando retrata o homem livre do canône matemático do compasso e da proporção entre o todo e as partes (Conferir: O Homem Vitruviano, Da Vinci). É possível visualizar, em sua obra, traços de um idealismo artístico-religioso ao retratar um corpo humano poderoso enquanto sinônimo de uma alma virtuosa.

Homem Vitruviano. Leonardo da Vinci.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Para que serve aquilo que importa?

Créditos: www.malvados.com.br
Há um antigo conto espanhol que apresenta a sina de um jardineiro em podar um loureiro. Com o propósito de agradar ao dono do arbusto o jardineiro procurou obter uma forma simétrica admirável. Após algum tempo de trabalho se distanciou do louro para uma apreciação. Julgou que ainda não havia encontrado as linhas ideais. Tesouras em punho retomou o trabalho. Depois de mais um tempo voltou a distanciar-se do objeto de seu labor. Contemplou-o sob vários ângulos e nada. Ainda eram necessárias mais algumas tesouradas ágeis. Depois de tanto trabalhar percebeu que havia, enfim, podado o louro em formas simétricas perfeitas e incontestáveis. Nada fugira de seus critérios técnico-artísticos. Satisfeito tratou de convocar o patrão para apreciar o feito. Ao se posicionarem frente ao arbusto o jardieniro foi parabenizado pelo dono do louro. "- Parabéns! Excelente trabalho! Porém, onde está o loureiro?"
No anseio de obter a forma perfeita e ideal que pudesse ser tomada como parâmetro para todas as demais podas de loureiro e que pudesse ser objeto de admiração e encanto de todo público apreciador, o jardineiro teria descaracterizado o arbusto ao ponto de não ser mais possível identificar ali um loureiro. 
A história do jardineiro parece revelar uma velha discussão que permeia o cotidiano de boa parte das pessoas, a relação conteúdo X forma; livro X equipamentos de musculação. Qual é o centro dos valores das ações humanas? Cabe refletir: a corrida estética existente na sociedade contemporânea tem como norte a obtenção de formas físicas ideais que possam ser assumidas como modelo para toda uma geração que, ao cultuar uma condição física ideal, não aceita envelhecer ou esta corrida estética teria uma intenção mais ampla, a saber: assegurar um envelhecimento saudável desta e das gerações futuras? Ademais, somente é posível envelhecer saudavelmente submentendo-se, durante a juventude, a uma rotina de exercícios que, cada vez mais, expoem as forças físicas aos seus limites?

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Neoliberalismo, Cavalo de Tróia e "Democracia" grega

Créditos da Charge: Maringoni. Fonte: http://cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=19654
Na superfície do fato. Com a aprovação de mais um repasse financeiro do FMI e da União Européia à Grécia, no valor de 130 bilhões de euros, e somando-se a esta medida a ingerência administrativa dos referidos credores poder-se-ia afirmar, a despeito da democracia ateniense clássica nos tempos de Sólon e de Platão, que na Grécia contemporânea todo estrangeiro - neoliberal - é um cidadão grego, somente não o é o próprio grego. Ironia da História?
A União Europeia "presenteia" o berço da democracia com uma nova versão do Cavalo de Tróia. Mas, quem é o inimigo a ser confrontado e dominado? Desta vez o povo/trabalho é o objeto a ser achicalhado pelo capital. E o que ocorreu com o poder que emana do povo e para o povo? Degenerou-se em uma tirania, afirmaria Platão, pela qual se suprimiu a liberdade reprimindo, assim, toda e qualquer ameaça ao poder/capital especulativo.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

A fazenda

A fazenda fora próspera e bela, hoje o abandono tornou-a irreconhecível.
O silêncio tomou-a por completo, não se ouve o mugido do gado, o canto das aves domésticas e nem o latido do cão caçador. Multiplicou-se a vida vegetal daninha que se apoderou do jardim e invadiu o estábulo, tomou conta do aviário, fluiu casa adentro, rompendo portas e janelas, assoalho e teto.
A manhã já não se levanta como antes, saudando a vida da fazenda, as plantações no campo, as águas do córrego; do outro lado o sol se põe sem motivação para voltar ao nascente e a noite cai como um "blecaute", um abismo, um cenário fantasmagórico de gigantescas e amentradoras árvores, balançadas no sono noturno, pela brisa leve que provoca a emanação de um forte cheiro de mato. (P.P. - 1994)

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Música independente

O site Musicoteca - www.amusicoteca.com.br - congrega algumas composições musicais de artistas brasileiros independentes. As músicas podem ser ouvidas desde o site ou ainda podem ser copiadas gratuitamente. Para conferir matéria na integra basta acessar: http://radioagencianp.com.br/10491-musica-independente-brasileira-disponivel-gratuitamente-na-musicoteca.