quinta-feira, 28 de abril de 2011

Para palitar os dentes

As normas e os valores morais não são universais, assim como também não há um princípio ético universal. As normas morais se circunscrevem na esfera supraestrutural das relações simbólicas que funcionam como um cristalizador das ações estruturais ocorridas na esfera das relações de produção material da existência humana.
A compreensão histórica da origem e da mudança das normas, valores e costumes morais rompe com a tentação de uma infértil idealização do comportamento humano.
As tirinhas, abaixo indicadas, são extraídas do sítio /www.malvados.com.br/. Dentre outros fatores, elas expressam uma paralização do juízo avaliativo humano frente a velocidade com que os valores tem sido alterados na atualidade e denotam, ainda, uma certa insensibilidade para a percepção  dos condicionantes materiais de tais valores. Cabe-nos "apenas" descobrir-lhes a motivação intrínseca e não latente.