sexta-feira, 27 de junho de 2008

Teste


Para Sócrates, em sua concepção natural, toda e qualquer arte objetiva provocar o benefício daqueles a quem ela se destina. Isto ocorreria com o médico, por exemplo, que exerceria seu ofício não visando ganhar dinheiro, mas desejoso de proporcionar vantagens ao corpo doente.

Da mesma forma, afirmará Sócrates, o governante justo não objetiva administrar a cidade em sua própria vantagem, mas em prol dos cidadãos por ele governados e para quem exerce sua arte.